Polícia de Goiás inicia buscas por corpos de mulheres vítimas do Maníaco do Novo Gama

Camila Campanerut
Do UOL Notícias
Em Brasília

Uma equipe de cinco policiais civis e seis bombeiros iniciaram na manhã desta quinta (22) as buscas pelos corpos de mais duas vítimas que teriam sido mortas por Adaylton Nascimento Neiva, 31, conhecido como o Maníaco do Novo Gama. Duas mortes teriam ocorrido em Sobradinho (cidade satélite do DF) e outras duas em Novo Gama (GO).

As buscas de hoje se concentram no setor próximo ao córrego Crispim, que deságua no rio Corumbá, na região do novo Gama.

Os policiais seguem as pistas dadas por Neiva, que confessou ontem em depoimento ter cometido quatro assassinatos, em setembro e dezembro do ano passado.

Haverá buscas também no Distrito Federal. No entanto, a polícia de Sobradinho adiantou que as diligências nessa região só devem ocorrer ou nesta sexta-feira ou na segunda-feira, assim que o detendo for transferido de Goiás para o DF.

O Maníaco do Novo Gama já foi preso duas vezes: a primeira em 2000, acusado de ter matado a mulher grávida e a enteada de cinco anos e enterrado ambas no quintal de casa. Ele conseguiu a liberdade por ter vencido o prazo do seu julgamento, em 2001. Em 2002, Neiva foi preso e condenado pelo estupro de três mulheres.

Na época, Neiva foi beneficiado pelo sistema de progressão de regime e passou a cumprir a pena em regime semiaberto. Em 27 de outubro de 2009, ele fugiu e teria cometido mais dois assasinatos, além dos quatro que ele assumiu ontem. Se condenado pelos crimes, o Maníaco do Novo Gama pode pegar mais de 40 anos de prisão.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos