PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Grupo tenta recuperar carro transformado em obra de arte que foi guinchado em São Paulo

Do UOL, em São Paulo

23/03/2012 12h52Atualizada em 23/03/2012 14h39

Um carro que virou obra de arte pelas mãos do grupo BijaRi foi guinchado na tarde da quinta-feira (22) na rua João Moura, no bairro de Pinheiros, zona oeste de São Paulo. Parte integrante da exposição “Estado do sítio”, o veículo antigo e repleto de plantas –chamado de “Carro Verde”– estava estacionado em frente à galeria Choque Cultural, onde ocorre a mostra.

  • Fernando Donasci/UOL

    O "Carro Verde" era parte de uma mostra em SP

  • Fernando Donasci/UOL

    Ele estava estacionado em frente à galeria Choque Cultural, em Pinheiros

  • Divulgação

    Após denúncia de que estaria abandonado, ele foi guinchado pela prefeitura

O artista Gustavo Godoy, que integra o grupo, afirmou ao UOL que, durante a manhã desta sexta-feira, ainda tentava negociar com a Subprefeitura de Pinheiros a liberação da peça. O carro foi guinchado pelo órgão depois de receber uma denúncia de que estava abandonado no local.

Segundo informações da assessoria de imprensa da subprefeitura, o caso ainda está sendo analisado. Para retirar carros abandonados que são levados para ao pátio do órgão é cobrada uma taxa de R$ 12 mil.

O chamado “Carro Verde” estava em exposição desde o último dia 10 de fevereiro. A mostra deve ficar na galeria até 31 de março ou 15 de abril, segundo Godoy.

O carro existe desde 2009 e já foi exposto na Bienal Internacional de Arquitetura de 2009, na Virada Cultural de 2010 e em uma mostra da Matilha Cultural, em 2011. “Nós também criamos uma versão do ‘Carro Verde’ na Áustria”, conta Godoy. 

Quando não está participando de mostras, o veículo fica estacionado em frente à sede do grupo, na rua Padre João Gonçalves, também na zona oeste.

De forma equivocada, o UOL colocou imagens do carro em um álbum sobre veículos abandonados em São Paulo. A galeria de imagens foi ao ar somente na manhã desta sexta-feira, quando o veículo já havia sido retirado.

Cotidiano