Topo

Homem encontra 'meleca' em caixa de água de coco no Paraná

A caixa de água de coco comprada por Marcelo Rossi, com a substância não identificada dentro - Reprodução Facebook
A caixa de água de coco comprada por Marcelo Rossi, com a substância não identificada dentro Imagem: Reprodução Facebook

Do UOL, em São Paulo

04/03/2013 13h05

O fotógrafo Marcelo Rossi, 37, teve uma surpresa desagradável quando foi beber uma água de coco da marca Kero Coco, na sexta-feira (1º), em Carlópolis (PR). “Voltei do mercado e abri a caixinha. Assim que dei o primeiro gole senti um gosto azedo e cuspi tudo. Quando fui olhar dentro da embalagem encontrei um objeto que não consegui identificar”, afirma Rossi.

De acordo com ele, o produto estava dentro do prazo de validade. “Minha preocupação é com a saúde de outras pessoas. Acho que o lote inteiro deveria ser recolhido”, diz.

Rossi enviou um email para o serviço de atendimento ao consumidor da Kero Coco no sábado (2), e a empresa entrou em contato com ele nesta segunda-feira (4). "Eles vão recolher o produto para analisar", afirmou.

Outras duas caixas de água de coco da mesma marca compradas por Rossi no dia não apresentaram nenhuma alteração. O lote do produto contaminado informado por Rossi é 12H1207, com vencimento dia 8 de julho de 2013.

Procurada pela reportagem a empresa PepsiCo, dona da marca Kero Coco, disse que já agendou a retirada do produto para análise, e que a empresa segue boas práticas de produção e rigorosos padrões internacionais de segurança alimentar e qualidade.

Mais Cotidiano