Lucas Lima/UOL

Violência em São Paulo

Parece cenário de guerra, mas é Santo André (SP) após assalto cinematográfico

Do UOL, em São Paulo

  • Marcos Bezerra/Futura Press/Estadão Conteúdo

    Caminhão foi incendiado na avenida dos Estados

    Caminhão foi incendiado na avenida dos Estados

Em uma ação cinematográfica, homens armados invadiram na madrugada desta quarta-feira (17) a empresa de transporte valores Protege, em Santo André (Grande São Paulo). Segundo a Polícia Militar, ao deixar o local, os invasores trocaram tiros com funcionários da empresa e incendiariam veículos das proximidades durante a fuga.

A PM chegou ao local por volta das 3h20 após receber diversas ligações de moradores da região, denunciando troca de tiros, explosão de artefatos e incêndio de veículos. Não há informação oficial sobre a duração do tiroteio, mas moradores relataram nas redes sociais que a troca de tiros se estendeu por cerca de 20 minutos.

Marcos Bezerra/Futura Press/Estadão Conteúdo
Caminhão e carro foram incendiados no viaduto Grande São Paulo

Além dos veículos incendiados, os ladrões também espalharam pelas ruas das redondezas dezenas de fura-pneus --objetos com pregos. Em nota, a Protege disse que os criminosos não conseguiram levar nenhuma quantia em dinheiro.

De acordo com a empresa, um trabalhador ficou ferido por estilhaços, mas recebeu atendimento e passa bem. 

Marcos Bezerra/Futura Press/Estadão Conteúdo
Na avenida dos Estados, próximo à avenida Juntas Provisórias, os criminosos cruzaram um caminhão na pista para impedir a chegada da Polícia Militar

A ação provocou pânico entre os moradores de um condomínio localizado em frente ao prédio atacado. Para a vendedora Andréa Hollosi, 45, o cenário era de guerra. "Fiquei abalada. Parecia coisa de guerra, com bombardeio. O chão e as janelas vibraram", afirmou.

Segundo Hollosi, pregos e cápsulas de bala estavam espalhados na via após o tiroteio. A vendedora desistiu de sair para trabalhar nesta quarta-feira.

O susto foi tão grande que Andréa se jogou no chão. "A melhor coisa é ir para o chão. Não sabia de onde vinham as balas", disse.

Zanone Fraissa/Folhapress
Carro foi incendiado no viaduto Grande São Paulo

A advogada Rosana Cristina de Oliveira, 42, moradora do 2° andar do prédio, contou que também se jogou no chão. "As janelas estremeciam", afirmou. Ela tinha uma viagem marcada para Minas Gerais, às 6h30, e perdeu o ônibus porque preferiu não arriscar.

"O trânsito estava travado. Tomei banho, coloquei a roupa a estava pronta para sair. Mas a polícia estava chegando, e a informação dos vizinhos era de que a avenida dos Estados estava cheia de pregos", disse Rosana. (Com Estadão Conteúdo)

Marcelo Gonçalves/Sigmapress/Estadão Conteúdo
Após atirar contra o prédio da Protege, os criminosos usaram explosivos para abrir o portão, que veio abaixo

Foram registrados ao menos 11 veículos queimados, dois acidentes de trânsito e uma viatura baleada, segundo informações preliminares da Polícia Militar. Não há informação de policiais feridos.

Em Santo André, os bandidos incendiaram sete veículos. Na rua Sumaré, foi abandonado um Fiat Doblô. Um Ford Fiesta, um Volkswagen Fox e um Hyunday HR 100 foram queimados na alameda São Caetano. Na rua das Monções, os criminosos deixaram um Volkswagen Gol. Já na avenida dos Estados, os policiais encontraram um Chevrolet Spin e um caminhão.

A ação, porém, não ficou restrita a Santo André. Em São Caetano do Sul, os criminosos abandonaram um Volkswagen Saveiro na rua Mário Pamplona, onde policiais encontraram explosivos, e um carro foi incendiado na avenida Goiás. O modelo ainda não foi identificado.

Marcos Bezerra/Futura Press/Estadão Conteúdo
Caminhão foi jogado contra muro durante ação criminosa

Em São Bernardo do Campo, houve perseguição e troca de tiro na rua José, onde um Ford EcoSport foi abandonado após capotar.

Houve troca de tiros entre bandidos e policiais militares da Força Tática na rua Costa Barros, na região da Vila Alpina, na zona leste de São Paulo. O confronto terminou em acidente de trânsito.

Outro Volkswagen Saveiro foi abandonado na rua Ibitirama, na mesma região. Os policiais também acharam um Volkswagen Tiguan na avenida Salim Farah Maluf, com explosivos e armas.

Marcos Bezerra/Futura Press/Estadão Conteúdo
Bombeiros foram chamados para controlar o fogo

Cartuchos de fuzil, carregadores e rádio-comunicadores foram encontrados no interior de um BMW e de Ford EcoSport, abandonados na rua Guacumã, também na zona leste.

Uma viatura da PM, estacionada na rua São Raimundo, foi atingida por dois disparos de arma de fogo. Mais três veículos foram incendiados no viaduto Grande São Paulo.

Criminosos explodem empresa de valores e fogem sem dinheiro

  •  

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos