PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Por Fuvest, Prefeitura suspende abertura da Paulista a pedestres pela 1ª vez desde 2015

Ciclistas, pedestres e skatistas circulam pela avenida Paulista, na região central de São Paulo, durante a vigência do programa "Ruas Abertas" - Junior Lago/UOL
Ciclistas, pedestres e skatistas circulam pela avenida Paulista, na região central de São Paulo, durante a vigência do programa "Ruas Abertas" Imagem: Junior Lago/UOL

Do UOL, em São Paulo

24/11/2017 21h51

A Prefeitura de São Paulo decidiu suspender o programa “Ruas Abertas” na avenida Paulista, neste domingo (26), em razão da primeira fase do vestibular da Fuvest. Com isso, a via ficará aberta a veículos, e não mais exclusivamente a pedestres e ciclistas. É a primeira vez, desde que o programa foi implementado, em 2015, que ele fica completamente suspenso na avenida.

A Secom (Secretaria Executiva de Comunicação) informou que a medida atende uma “decisão técnica” da Secretaria das Prefeituras Regionais, mas não deu detalhes. Nos dias 5 e 12 deste mês, quando foi aplicado o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), a rotina foi outra: em vez de suspender o programa, a Prefeitura alterou o horário de fechamento da avenida para carros, adiando das 10h para 13h.

Na Fuvest, o horário do fechamento dos portões dos locais de prova será o mesmo do Enem: 13h, horário de Brasília.

Segundo a CET (Companhia de Engenharia de Tráfego), no entanto, a ciclofaixa de lazer vai operar na via, entre a praça Osvaldo Cruz e a rua da Consolação, em ambos os sentidos, a partir das 13h.

A região da Paulista concentra dois locais de aplicação de provas da Fuvest: o Colégio São Luiz, na rua Haddock Lobo, e o colégio Dante Alighieri, na alameda Santos.

Apesar de implementada em 2015, a abertura da Paulista apenas para pedestres e ciclistas passou a se tornar definitiva em junho do ano passado, com decreto do então prefeito Fernando Haddad (PT). Além de domingos, a via se fecha aos carros também aos feriados.

Cotidiano