Violência em São Paulo

Mulher é feita refém na avenida Paulista, em São Paulo

Luís Adorno e Leonardo Martins

Do UOL, em São Paulo

Uma mulher portando uma faca fez uma outra mulher refém das 12h15 até pouco antes das 13h desta quinta-feira (5) em um ponto de ônibus localizado na avenida Paulista, região central de São Paulo.

Segundo policiais militares que foram até a ocorrência, a vítima estava no ponto, esperando um ônibus, e, aparentemente, foi escolhida aleatoriamente. A vítima disse aos policiais que não conhecia a sequestradora.

Ainda de acordo com os PMs, no momento em que mantinha a vítima sob ameaça, dizia que "só queria aparecer na mídia". Quando emissoras de televisão chegaram ao local, durante a negociação com os policiais, a vítima foi liberada.

Brandon Vincente/Arquivo pessoal
Enquanto negociação era feita, trecho da avenida Paulista foi bloqueado

A policial aspirante Natália Lacerda afirmou que "ela [sequestradora] não falou qual era a motivação, embora ela só queria que aparecesse na mídia, com a negociação sobre isso ela disse que iria soltar a vítima".

De acordo com a policial, "[a vítima] estava no ponto de ônibus, acredito eu que pra situação ela foi escolhida aleatoriamente". As duas foram levadas até uma delegacia, não informada pela PM. Ninguém ficou ferido. 

Ao menos quatro viaturas foram enviadas ao local. O caso fez a avenida, que é uma das principais da capital, ficar com o sentido Paraíso totalmente bloqueado. A área foi totalmente isolada pelos policiais por meio de uma faixa de isolamento. Por volta das 13h15, a via estava sendo liberada.

O ponto de ônibus fica próximo ao número 901 da avenida, em frente à faculdade Cásper Líbero. 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Receba por e-mail as principais notícias sem pagar nada.

Quero Receber

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos