Topo

Acidente com ônibus e carros mata 10 em rodovia em Campos do Jordão

De acordo com o Corpo de Bombeiros, oito adultos e duas crianças morreram no acidente - Reprodução/TV Globo
De acordo com o Corpo de Bombeiros, oito adultos e duas crianças morreram no acidente Imagem: Reprodução/TV Globo

Daniel Leite

Colaboração para o UOL, em Juiz de Fora (MG)

10/06/2019 00h39Atualizada em 10/06/2019 14h33

Um acidente envolvendo um ônibus e vários carros deixou 10 mortos e 51 feridos na noite de ontem na rodovia Floriano Rodrigues Pinheiro, em Campos do Jordão (SP), segundo informações do Corpo de Bombeiros.

Inicialmente, as autoridades chegaram a afirmar que mais pessoas tinham morrido no local, mas a informação foi corrigida posteriormente.

De acordo com os bombeiros, oito adultos e duas crianças morreram no acidente, sendo que oito estavam no ônibus e dois em carros atingidos na colisão. Os feridos foram levados para hospitais de Pindamonhangaba, Taubaté e Campos do Jordão. Três deles continuam internados e um está em estado grave.

De acordo com a Polícia Civil, nove dos mortos já foram identificados:

  • Camilla Rodrigues Silva
  • Doriedson Ferreira da Silva
  • Jackeline Rodrigues Fernandes
  • Jaziel Dourado Neto
  • Júlia Correa dos Santos
  • Luzia de Alencar Correa dos santos
  • Manoella Maciel Dourado
  • Maria Ivonete Marcolino Ferreira da Silva
  • Yago lira Mange

Segundo as informações iniciais da polícia, o ônibus teria perdido o freio e batido em dois veículos na descida da serra em direção ao Vale do Paraíba. Muitas pessoas ficaram presas nas ferragens.

A passageira Suellen Rodrigues, que estava no ônibus, afirmou que o motorista estaria em uma velocidade acima do normal. "A viagem estava tranquila, porém do nada a gente sentiu que ele estava em velocidade mais rápida, todo mundo acordou, se assustou até o momento em que começamos a gritar "motorista, pelo amor de Deus", porque a gente estava em uma estrada com muitas curvas e com barranco", disse Suellen, em entrevista à TV Globo.

Dos 51 feridos, 30 foram levados para hospitais em Campos do Jordão e 11, para a Santa Casa de Pindamonhangaba, sendo que três estão internadas. Duas estão em Pindamonhangaba, de acordo com informações do Pronto-Socorro da cidade. Uma delas está em estado grave e será levada para a UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) e a outra sofreu fratura e passará por procedimento cirúrgico. O terceiro ferido hospitalizado está em Campos do Jordão e será submetido a uma operação na mão.

Devido aos procedimentos de resgate das vítimas, a rodovia chegou a ser totalmente fechada para o trânsito, mas foi liberada por volta das 6h de hoje, segundo o DER (Departamento de Estradas e Rodagem).

Bombeiros de Taubaté e Campos do Jordão e a polícia rodoviária estadual foram deslocados para o local.

O ônibus pertence à Brasil Santana Transporte, de Praia Grande, no litoral paulista, e retornava de uma excursão para Campos do Jordão.

Em nota divulgada nas redes sociais, a empresa lamentou o ocorrido. No comunicado, o advogado Marcelo Cruz manifesta profundo pesar pelo ocorrido e se coloca à disposição dos familiares das vítimas, "independentemente de análise de responsabilidade jurídica".

A nota termina dizendo que é um momento de dor a todos, inclusive do advogado da empresa, que também é pai e lamenta o ocorrido.

Mais Cotidiano