PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Esse conteúdo é antigo

Turista lituano é morto e a mulher, estuprada em casa alugada em Paraty

O turista lituano Adam Zindul assassinado em Paraty - Arquivo Pessoal
O turista lituano Adam Zindul assassinado em Paraty Imagem: Arquivo Pessoal

Marcela Lemos

Colaboração para o UOL, no Rio

06/02/2020 11h24

Resumo da notícia

  • Um turista lituano foi amordaçado, esfaqueado e morto em Paraty (RJ)
  • A mulher dele foi estuprada pelo criminoso; a PM disse ter prendido um suspeito

Um turista da Lituânia foi assassinado na noite de ontem e a mulher dele, estuprada em uma casa alugada na Praia do Sono, em Paraty —cidade turística da Costa Verde no Rio de Janeiro. Segundo a Polícia Militar, um homem foi preso no local.

A mulher, que é de São Paulo, foi encaminhada a um hospital municipal, onde uma equipe da delegacia colhe seu depoimento na tarde de hoje. Ainda não há informações sobre o estado de saúde dela. O turista morreu dentro do imóvel. Ele foi identificado como Adam Zindul, 37.

De acordo com a PM, o turista foi amarrado em uma cadeira, amordaçado, agredido e morto a facadas. O casal estava na casa há quatro dias. O turista tinha o passaporte carimbado com data de entrada no Brasil em 28 de janeiro.

O delegado responsável pelas investigações, Marcelo Russo, disse que a polícia chegou ao suspeito a partir de denúncias de vizinhos. Ele diz acreditar que o homem, que não terá o nome divulgado, entrou na casa para cometer violência sexual.

"Está sendo feita perícia na casa, estamos ouvindo testemunhas e recolhendo provas. O caso ocorreu ontem à noite. Quando a mulher abriu a porta do imóvel, ele [o criminoso] invadiu o local. Ele matou o homem para estuprar a mulher. Agiu de modo cruel, sem chance de defesa para a vítima. Sumiu um dinheiro da carteira da vítima apenas, mas o dinheiro da mulher continuou na bolsa, o que nos faz acreditar que o objetivo era o estupro, e não roubo", afirmou o delegado.

De acordo ainda a Polícia Civil, o homem negou as acusações em depoimento.

A Praia do Sono fica a 40 minutos de carro do centro de Paraty e o acesso ocorre através de um condomínio de luxo na região. É possível chegar de barco ou por uma trilha na mata de duração de uma hora.

A maioria dos visitantes fica em barracas de camping na praia, mas é possível se hospedar em chalés e alugar casas simples na região, que não conta com rede hoteleira.

Cotidiano