PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
5 meses
Tremor de terra é registrado no Rio Grande do Norte

Na imagem, a estrela vermelha indica o epicentro e a linha vermelha representa a Falha de Samambaia - LabSis UFRN
Na imagem, a estrela vermelha indica o epicentro e a linha vermelha representa a Falha de Samambaia Imagem: LabSis UFRN

Do UOL, em São Paulo

30/04/2020 15h51

Na madrugada de hoje, o Laboratório de Sismologia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) registrou um terremoto no litoral potiguar.

O tremor de magnitude preliminar de 1,7 graus na escala Richter aconteceu às 3:14. O epicentro foi no mar, mas o abalo sísmico foi sentido na costa — principalmente na cidade de Touros.

De acordo com os pesquisadores, os tremores de terra na região podem ter relação com a Falha de Samambaia (indicada com a linha vermelha na imagem), maior falha geológica do Brasil.

Hoje, acredita-se que ela tenha cerca de 38 km de extensão e 4 km de largura, mas o laboratório considera a possibilidade de ela ser muito maior:

"Vários eventos têm ocorrido nessa região do litoral do Rio Grande do Norte suscitando uma questão, levando-se em conta os erros na determinação epicentral e que uma falha não é necessariamente uma linha reta: estarão esses eventos num prolongamento oceânico da Falha de Samambaia? Sendo verdade teríamos então uma falha de 140 km de extensão", concluem os pesquisadores.

Cotidiano