PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
1 mês
RJ: Pedestre morre após ser atingido por botijão arremessado de janela

Pedestre que passeava pela rua Aíres Saldanha é atingido por botijão de gás, no Rio de Janeiro - Divulgação/PMERJ
Pedestre que passeava pela rua Aíres Saldanha é atingido por botijão de gás, no Rio de Janeiro Imagem: Divulgação/PMERJ

Do UOL, em São Paulo*

12/10/2020 17h31Atualizada em 12/10/2020 21h25

Um homem foi preso hoje depois de jogar um botijão de gás da janela de um apartamento localizado na rua Aires Saldanha, em Copacabana. De acordo com informações da PMERJ (Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro), um pedestre foi atingido na cabeça e morreu na hora.

O homem foi levado para o 13º Batalhão Militar do Rio de Janeiro. A polícia segue apurando os fatos.

Segundo a Polícia Militar, o episódio aconteceu por volta das 16h, quase na esquina das ruas Aires Saldanha e Djalma Ulrich. As duas ruas foram parcialmente interditadas. Uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chegou a ir ao local, mas os profissionais constataram que a vítima já estava morta.

O acusado de atirar o botijão pela janela é um homem, que foi levado para a 13º DP (Copacabana), onde prestou depoimento. Até as 18h15 não haviam sido esclarecidas as circunstâncias em que a pessoa lançou o objeto nem divulgadas as identidades dela e da vítima.

*Com informações da Agência Estado

Cotidiano