PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
1 mês

Motorista recolhe lenha na rua para economizar no gás em GO

O motorista Valdísio Alves da Cruz recolhe lenha nas ruas de Goiânia para economizar no gás - Reprodução/TV Anhanguera
O motorista Valdísio Alves da Cruz recolhe lenha nas ruas de Goiânia para economizar no gás Imagem: Reprodução/TV Anhanguera

Do UOL, em São Paulo

29/07/2021 11h52

Um motorista de Goiás encontrou um jeito de economizar no gás de cozinha: recolher lenha pelas ruas de Goiânia.

Valdísio Alves da Cruz contou à TV Anhanguera, afiliada da TV Globo, que ele e a mulher aproveitam as vezes que saem de carro para pegar lenha e levar para casa. Com um pequeno machado, Cruz corta os galhos e coloca tudo no porta-malas.

A ideia veio para economizar no uso do gás de cozinha já que a família vive com um salário mínimo.

"Optei por cozinhar à lenha para economizar no gás. No preço que está, três botijões são R$ 300. A família é grande e está muito difícil manter a vida. Dá trabalho, mas vale a pena", disse ele à emissora.

Em junho, a Petrobras anunciou o quinto aumento do ano, de 5,9%, para o botijão de 13 quilos. Com isso, o preço do botijão fica entre R$ 100 e R$ 110.

Uma pesquisa do Procon Goiânia apontou que o botijão de 13kg era vendido a R$ 100 por revendedoras que ficam no Jardim Guanabara e setores Pedro Ludovico e Novo Planalto. Já no Jardim América, o gás de cozinha chegou a R$ 110, incluindo a taxa de entrega. Na portaria, o produto custa R$ 95. O levantamento foi feito entre os dias 14 a 21 de junho em 24 estabelecimentos nas diversas regiões da cidade.

O órgão orienta os consumidores a ficarem atentos às condições do botijão e a comprar somente de revendedores autorizados pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

Cotidiano