Avião atinge muro de aeroporto durante decolagem e segue viagem normalmente na Índia

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução/Twitter Vishnu Som

    Muro atingido pelo avião no aeroporto internacional de Tiruchirappalli, em Tamil Nadu

    Muro atingido pelo avião no aeroporto internacional de Tiruchirappalli, em Tamil Nadu

Um avião da Air India Express com 136 pessoas a bordo bateu com as rodas do trem de pouso em uma parede durante a decolagem, no aeroporto internacional de Tiruchirappalli, em Tamil Nadu, na Índia, na última sexta-feira (12) da semana passada.

Segundo informações do jornal "The Times of India", o Boeing 737-800 estava em uma velocidade de 250 km/h e possivelmente sobrecarregado quando as rodas do trem de pouso bateram em um equipamento usado para guiar o piloto no pouso. Além disso, a aeronave chegou a atingir o topo de um muro no incidente.

Apesar da colisão e do forte barulho causado pelo incidente, o piloto e o copiloto decidiram continuar o voo como se nada tivesse acontecido. Segundo as autoridades, o controle de tráfego aéreo foi informado sobre o que havia se passado e reportou à dupla de pilotos.

O piloto principal do voo, Ganesh Babu, contou às autoridades que não havia problemas no avião e que todos os equipamentos na cabine indicavam que a aeronave estava em ordem.

O incidente pode ter sido causado por um erro na decolagem. As autoridades informaram que o piloto deveria decolar em um ponto paralelo na pista 8169, mas ele pode ter cruzado esse ponto, levando o pneu a atingir a parede. Outra hipótese é a de que o avião estivesse sobrecarregado.

Os passageiros do voo se assustaram com o chacoalhão na aeronave e chegaram a perguntar à tripulação o que tinha acontecido. No entanto, foram informados que aquilo era "normal".

Ninguém que estava a bordo da aeronave se feriu. No entanto, um homem que estava em um veículo na pista, no momento do incidente, foi atingido por detritos e ficou levemente ferido.

As autoridades indianas informaram as de Dubai sobre o incidente e asseguraram que o avião estava em condições de pousar sem problemas.

No entanto, funcionários do aeroporto de Dubai se recusaram a permitir que o avião, que decolou de Tiruchirappalli à 1h30 (hora local) pousasse, afirmando que o pneu poderia estar danificado.

Por isso, a aeronave foi obrigada a aterrissar em Mumbai, após quatro horas de voo. Os passageiros, então, trocaram de avião e seguiram viagem para Dubai.

Em nota, a Air India Express informou que os pilotos estão suspensos enquanto a investigação não for concluída.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos