PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Peixe-lua é confundido com tubarão e moradores ligam para a polícia nos EUA

Um exemplar de peixe-lua em San Diego, no estado da Califórnia (EUA) - Daniel Botelho/Barcroft Media via Getty Images
Um exemplar de peixe-lua em San Diego, no estado da Califórnia (EUA) Imagem: Daniel Botelho/Barcroft Media via Getty Images

Colaboração para o UOL, em São Paulo

20/10/2020 15h41

Nos Estados Unidos, moradores de Wareham, no estado de Massachusetts, confundiram um peixe-lua com um tubarão e ligaram diversas vezes para a polícia local. Havia também quem acreditasse que o bicho enorme era uma foca ferida ou um peixe encalhado, mas o animal estava perfeitamente bem.

As chamadas repetidas atrapalharam a rotina dos policiais. Eles então decidiram enviar uma equipe do Departamento de Recursos Naturais de Warham para examinar o peixe-lua que está com a saúde "em dia". Ainda assim, pessoas que o encontram na enseada de Broad Cove continuam ligando para que as autoridades o resgatem ou o retirem da área.

Em um post de Facebook, o departamento policial garantiu que está ciente acerca do animal.

"O peixe-lua está fazendo atividades normais de peixe-lua. Está nadando. Não está preso ou sofrendo. O peixe-lua está ÓTIMO. Não fique com ciúmes só porque o tempo não está mais para nadar! POR FAVOR, PARE DE LIGAR PARA O DEPARTAMENTO DE POLÍCIA SOBRE ESTE PEIXE-LUA !!", implora a postagem.

Apesar de o peixe estar bem, em setembro um outro peixe da mesma espécie ficou preso em um píer na Reserva Estadual de Scusset Beach, em Massachusetts. A criatura foi liberta com sucesso como parte de uma ação da organização de conservação sem fins lucrativos New England Coastal Wildlife Alliance.

A presidente da instituição, Carol Carson, contou em entrevista ao site local The Cape Cod Times que avistamentos de peixes-lua são comuns durante o outono americano. Esses animais são bem grandes, podem chegar a até 4 metros de comprimento e chegam a pesar até 2 toneladas.

Internacional