PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Mais um? Monólito de metal aparece agora na Romênia (e o mistério continua)

Do UOL, em São Paulo

30/11/2020 14h35

Um misterioso monólito de metal apareceu na Romênia na última semana, depois que outra estrutura semelhante encontrada no remoto deserto de Utah, nos Estados Unidos, foi removida por um "grupo desconhecido".

O pilar triangular brilhante foi encontrado na colina Batca Doamnei, na cidade de Piatra Neamt, norte da Romênia, na última quinta-feira (26). Ele foi localizado a poucos metros de distância do conhecido marco arqueológico da Fortaleza de Petrodava, um forte construído pelo antigo povo Dácio entre 82 a.C e 106 d.C.

Na Romênia, a estrutura triangular tem uma altura de cerca de 4 metros e um lado está voltado para o Monte Ceahlau, conhecido localmente como a Montanha Sagrada.

A descoberta peculiar vem depois que um monólito semelhante foi encontrado no Utah sem nenhuma explicação, gerando especulações irônicas de que poderia ter sido obra de alienígenas — porém, o mais provável é que seja obra de um brincalhão inspirado no romance de ficção científica de "2001: Uma Odisséia no Espaço".

No livro de Arthur C Clarke, posteriormente transformado em filme por Stanley Kubrick, um monólito apareceu pela primeira vez na Terra há três milhões de anos, possibilitando o desenvolvimento tecnológico de uma tribo de macacos.

O desaparecimento do monólito de Utah

O monólito de metal brilhante encontrado pelas autoridades de Utah, no oeste dos Estados Unidos, desapareceu na sexta-feira (27) à noite, segundo autoridades locais. De acordo com a agência AFP, a Agência de Administração de Terras de Utah alegou ter recebido "relatos confiáveis" de que o objeto teria sido removido por "alguém desconhecido". Algumas rochas e uma pirâmide foram deixadas no exato local.

"A agência não retirou a estrutura, que é considerada uma propriedade privada", afirmou o órgão federal, em comunicado. "Não investigamos crimes que envolvem propriedade privada, que são administrados pela polícia local", completou a nota.

O objeto de mais de 3,5 metros de altura viralizou nas redes sociais. Internautas questionavam se o monólito — nome dado a objetos constituídos por um único bloco de pedra, porém este em questão, de metal — poderia ter sido instalado por alienígenas, como uma espécie de "mensagem" para a humanidade.

O agente do artista John McCracken, famoso por criar esculturas de pirâmides, cubos e placas brilhantes, confirmou que a peça pode ter sido feita pelo escultor em comunicado ao 'The New York Times'. "Acredito que isso é definitivamente (feito) por John", disse.

O monumento seria semelhante a um instalado em uma galeria de arte, mas a semelhança entre as peças ainda deixa a dúvida sobre como o monólito teria ido parar no deserto.

Na data do aparecimento, o Departamento de Segurança Pública afirmou que o objeto era ilegal, e não soube dizer a origem da instalação. Imagens de satélites exibidas pelo Google Earth mostraram que o monólito já aparecia nas imagens de satélite entre 2015 e 2016.

No entanto, um porta-voz do Departamento disse ao 'The New York Times' que ele pode "estar por lá desde os anos 1940 ou 1950".

Internacional