Ambiente

Informações sobre o álbums
  • editoria:
  • galeria:
  • link: http://noticias.uol.com.br/meio-ambiente/album/2015/03/04/como-a-poluicao-afeta-a-visao-de-obras-da-china.htm
  • totalImagens: 14
  • fotoInicial: 4
  • imagePath:
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20150304100555
    • China [5715]; Pequim [5716];
    • Poluição [11234]; Meio ambiente [11359];
Fotos

Em dia de céu claro, como em 19 de dezembro de 2014, esta é a vista de Pequim, na China. O ar que se respira em quase 90% das principais cidades chinesas continua aquém dos padrões de qualidade, apesar da "melhoria" registrada em 2014, segundo avaliação divulgada pelo Ministério chinês da Proteção Ambiental em fevereiro. Pequim, considerada uma das capitais mais poluídas do mundo, "não está entre as dez piores nem entre as dez melhores", afirma o jornal "China Daily", sem precisar o lugar ocupado pela cidade. Mas sete das dez cidades chinesas com pior qualidade do ar em 2014 estão em volta da capital. Das 74 cidades avaliadas, apenas oito satisfizeram os padrões nacionais de qualidade do ar, principalmente quanto à densidade das pequenas partículas, as mais suscetíveis de se infiltrarem nos pulmões e de atacarem o sistema respiratório. Em 2013, só três cidades (Haikou, Lhasa e Zhoushan) cumpriram os padrões, diz o ministério. Kim Kyung-Hoon/ Reuters Mais

Em dias de poluição, como em 15 de janeiro de 2015, Pequim "desaparece" sob uma densa camada cinza. O ar que se respira em quase 90% das principais cidades chinesas continua aquém dos padrões de qualidade, apesar da "melhoria" registrada em 2014, segundo avaliação divulgada pelo Ministério chinês da Proteção Ambiental em fevereiro. Pequim, considerada uma das capitais mais poluídas do mundo, "não está entre as dez piores nem entre as dez melhores", afirma o jornal "China Daily", sem precisar o lugar ocupado pela cidade. Mas sete das dez cidades chinesas com pior qualidade do ar em 2014 estão em volta da capital. Das 74 cidades avaliadas, apenas oito satisfizeram os padrões nacionais de qualidade do ar, principalmente quanto à densidade das pequenas partículas, as mais suscetíveis de se infiltrarem nos pulmões e de atacarem o sistema respiratório. Em 2013, só três cidades (Haikou, Lhasa e Zhoushan) cumpriram os padrões, diz o ministério. Kim Kyung-Hoon/ Reuters Mais

Em dia ensolarado, como em 17 de novembro de 2014, pedestres em Pequim veem a estátua de pandas desta forma. O ar que se respira em quase 90% das principais cidades chinesas continua aquém dos padrões de qualidade, apesar da "melhoria" registrada em 2014, segundo avaliação divulgada pelo Ministério chinês da Proteção Ambiental em fevereiro. Pequim, considerada uma das capitais mais poluídas do mundo, "não está entre as dez piores nem entre as dez melhores", afirma o jornal "China Daily", sem precisar o lugar ocupado pela cidade. Mas sete das dez cidades chinesas com pior qualidade do ar em 2014 estão em volta da capital. Das 74 cidades avaliadas, apenas oito satisfizeram os padrões nacionais de qualidade do ar, principalmente quanto à densidade das pequenas partículas, as mais suscetíveis de se infiltrarem nos pulmões e de atacarem o sistema respiratório. Em 2013, só três cidades (Haikou, Lhasa e Zhoushan) cumpriram os padrões, diz o ministério. Kim Kyung-Hoon/ Reuters Mais

Em 14 de janeiro de 2015, a estátua de pandas fica encoberta por camada cinza de poluição. O ar que se respira em quase 90% das principais cidades chinesas continua aquém dos padrões de qualidade, apesar da "melhoria" registrada em 2014, segundo avaliação divulgada pelo Ministério chinês da Proteção Ambiental em fevereiro. Pequim, considerada uma das capitais mais poluídas do mundo, "não está entre as dez piores nem entre as dez melhores", afirma o jornal "China Daily", sem precisar o lugar ocupado pela cidade. Mas sete das dez cidades chinesas com pior qualidade do ar em 2014 estão em volta da capital. Das 74 cidades avaliadas, apenas oito satisfizeram os padrões nacionais de qualidade do ar, principalmente quanto à densidade das pequenas partículas, as mais suscetíveis de se infiltrarem nos pulmões e de atacarem o sistema respiratório. Em 2013, só três cidades (Haikou, Lhasa e Zhoushan) cumpriram os padrões, diz o ministério. Kim Kyung-Hoon/ Reuters Mais

Entrada da Cidade Proibida, na praça da Paz Celestial (Tiananmen) em 17 de novembro de 2014, um dia ensolarado em Pequim. O ar que se respira em quase 90% das principais cidades chinesas continua aquém dos padrões de qualidade, apesar da "melhoria" registrada em 2014, segundo avaliação divulgada pelo Ministério chinês da Proteção Ambiental em fevereiro. Pequim, considerada uma das capitais mais poluídas do mundo, "não está entre as dez piores nem entre as dez melhores", afirma o jornal "China Daily", sem precisar o lugar ocupado pela cidade. Mas sete das dez cidades chinesas com pior qualidade do ar em 2014 estão em volta da capital. Das 74 cidades avaliadas, apenas oito satisfizeram os padrões nacionais de qualidade do ar, principalmente quanto à densidade das pequenas partículas, as mais suscetíveis de se infiltrarem nos pulmões e de atacarem o sistema respiratório. Em 2013, só três cidades (Haikou, Lhasa e Zhoushan) cumpriram os padrões, diz o ministério. Kim Kyung-Hoon/ Reuters Mais

Em um dia de forte poluição, como em 15 de janeiro de 2015, a entrada da Cidade Proibida, na praça da Paz Celestial (Tiananmen), em Pequim, fica encoberta por camada cinza. O ar que se respira em quase 90% das principais cidades chinesas continua aquém dos padrões de qualidade, apesar da "melhoria" registrada em 2014, segundo avaliação divulgada pelo Ministério chinês da Proteção Ambiental em fevereiro. Pequim, considerada uma das capitais mais poluídas do mundo, "não está entre as dez piores nem entre as dez melhores", afirma o jornal "China Daily", sem precisar o lugar ocupado pela cidade. Mas sete das dez cidades chinesas com pior qualidade do ar em 2014 estão em volta da capital. Das 74 cidades avaliadas, apenas oito satisfizeram os padrões nacionais de qualidade do ar, principalmente quanto à densidade das pequenas partículas, as mais suscetíveis de se infiltrarem nos pulmões e de atacarem o sistema respiratório. Em 2013, só três cidades (Haikou, Lhasa e Zhoushan) cumpriram os padrões, diz o ministério. Kim Kyung-Hoon/ Reuters Mais

Estátua de Mao Tse-tung em 14 de novembro de 2014, um dia ensolarado em Pequim. O ar que se respira em quase 90% das principais cidades chinesas continua aquém dos padrões de qualidade, apesar da "melhoria" registrada em 2014, segundo avaliação divulgada pelo Ministério chinês da Proteção Ambiental em fevereiro. Pequim, considerada uma das capitais mais poluídas do mundo, "não está entre as dez piores nem entre as dez melhores", afirma o jornal "China Daily", sem precisar o lugar ocupado pela cidade. Mas sete das dez cidades chinesas com pior qualidade do ar em 2014 estão em volta da capital. Das 74 cidades avaliadas, apenas oito satisfizeram os padrões nacionais de qualidade do ar, principalmente quanto à densidade das pequenas partículas, as mais suscetíveis de se infiltrarem nos pulmões e de atacarem o sistema respiratório. Em 2013, só três cidades (Haikou, Lhasa e Zhoushan) cumpriram os padrões, diz o ministério. Kim Kyung-Hoon/ Reuters Mais

Em 14 de janeiro de 2015, um dia poluído em Pequim, esta é a visão que se tem da estátua de Mao Tse-tung. O ar que se respira em quase 90% das principais cidades chinesas continua aquém dos padrões de qualidade, apesar da "melhoria" registrada em 2014, segundo avaliação divulgada pelo Ministério chinês da Proteção Ambiental em fevereiro. Pequim, considerada uma das capitais mais poluídas do mundo, "não está entre as dez piores nem entre as dez melhores", afirma o jornal "China Daily", sem precisar o lugar ocupado pela cidade. Mas sete das dez cidades chinesas com pior qualidade do ar em 2014 estão em volta da capital. Das 74 cidades avaliadas, apenas oito satisfizeram os padrões nacionais de qualidade do ar, principalmente quanto à densidade das pequenas partículas, as mais suscetíveis de se infiltrarem nos pulmões e de atacarem o sistema respiratório. Em 2013, só três cidades (Haikou, Lhasa e Zhoushan) cumpriram os padrões, diz o ministério. Kim Kyung-Hoon/ Reuters Mais

Em 17 de novembro de 2014, um dia ensolarado, o Grande Teatro Nacional, apelidado de "O Ovo", em Pequim, reflete a luz do Sol. O ar que se respira em quase 90% das principais cidades chinesas continua aquém dos padrões de qualidade, apesar da "melhoria" registrada em 2014, segundo avaliação divulgada pelo Ministério chinês da Proteção Ambiental em fevereiro. Pequim, considerada uma das capitais mais poluídas do mundo, "não está entre as dez piores nem entre as dez melhores", afirma o jornal "China Daily", sem precisar o lugar ocupado pela cidade. Mas sete das dez cidades chinesas com pior qualidade do ar em 2014 estão em volta da capital. Das 74 cidades avaliadas, apenas oito satisfizeram os padrões nacionais de qualidade do ar, principalmente quanto à densidade das pequenas partículas, as mais suscetíveis de se infiltrarem nos pulmões e de atacarem o sistema respiratório. Em 2013, só três cidades (Haikou, Lhasa e Zhoushan) cumpriram os padrões, diz o ministério. Kim Kyung-Hoon/ Reuters Mais

Em 19 de novembro de 2014, dois dias após a foto anterior, a poluição em Pequim encobre o Grande Teatro Nacional. O ar que se respira em quase 90% das principais cidades chinesas continua aquém dos padrões de qualidade, apesar da "melhoria" registrada em 2014, segundo avaliação divulgada pelo Ministério chinês da Proteção Ambiental em fevereiro. Pequim, considerada uma das capitais mais poluídas do mundo, "não está entre as dez piores nem entre as dez melhores", afirma o jornal "China Daily", sem precisar o lugar ocupado pela cidade. Mas sete das dez cidades chinesas com pior qualidade do ar em 2014 estão em volta da capital. Das 74 cidades avaliadas, apenas oito satisfizeram os padrões nacionais de qualidade do ar, principalmente quanto à densidade das pequenas partículas, as mais suscetíveis de se infiltrarem nos pulmões e de atacarem o sistema respiratório. Em 2013, só três cidades (Haikou, Lhasa e Zhoushan) cumpriram os padrões, diz o ministério. Kim Kyung-Hoon/ Reuters Mais

Torre da CCTV (China Central Radio and Television) em dia ensolarado (19 de dezembro de 2014), em Pequim. O ar que se respira em quase 90% das principais cidades chinesas continua aquém dos padrões de qualidade, apesar da "melhoria" registrada em 2014, segundo avaliação divulgada pelo Ministério chinês da Proteção Ambiental em fevereiro. Pequim, considerada uma das capitais mais poluídas do mundo, "não está entre as dez piores nem entre as dez melhores", afirma o jornal "China Daily", sem precisar o lugar ocupado pela cidade. Mas sete das dez cidades chinesas com pior qualidade do ar em 2014 estão em volta da capital. Das 74 cidades avaliadas, apenas oito satisfizeram os padrões nacionais de qualidade do ar, principalmente quanto à densidade das pequenas partículas, as mais suscetíveis de se infiltrarem nos pulmões e de atacarem o sistema respiratório. Em 2013, só três cidades (Haikou, Lhasa e Zhoushan) cumpriram os padrões, diz o ministério. Kim Kyung-hoon/ Reuters Mais

Em dia poluído, em 15 de janeiro de 2015, a torre da CCTV (China Central Radio and Television), em Pequim, fica encoberta. O ar que se respira em quase 90% das principais cidades chinesas continua aquém dos padrões de qualidade, apesar da "melhoria" registrada em 2014, segundo avaliação divulgada pelo Ministério chinês da Proteção Ambiental em fevereiro. Pequim, considerada uma das capitais mais poluídas do mundo, "não está entre as dez piores nem entre as dez melhores", afirma o jornal "China Daily", sem precisar o lugar ocupado pela cidade. Mas sete das dez cidades chinesas com pior qualidade do ar em 2014 estão em volta da capital. Das 74 cidades avaliadas, apenas oito satisfizeram os padrões nacionais de qualidade do ar, principalmente quanto à densidade das pequenas partículas, as mais suscetíveis de se infiltrarem nos pulmões e de atacarem o sistema respiratório. Em 2013, só três cidades (Haikou, Lhasa e Zhoushan) cumpriram os padrões, diz o ministério. Kim Kyung-Hoon/ Reuters Mais

Em um dia ensolarado, como em 17 de novembro de 2014, é possível ver detalhes deste prédio comercial em Pequim. O ar que se respira em quase 90% das principais cidades chinesas continua aquém dos padrões de qualidade, apesar da "melhoria" registrada em 2014, segundo avaliação divulgada pelo Ministério chinês da Proteção Ambiental em fevereiro. Pequim, considerada uma das capitais mais poluídas do mundo, "não está entre as dez piores nem entre as dez melhores", afirma o jornal "China Daily", sem precisar o lugar ocupado pela cidade. Mas sete das dez cidades chinesas com pior qualidade do ar em 2014 estão em volta da capital. Das 74 cidades avaliadas, apenas oito satisfizeram os padrões nacionais de qualidade do ar, principalmente quanto à densidade das pequenas partículas, as mais suscetíveis de se infiltrarem nos pulmões e de atacarem o sistema respiratório. Em 2013, só três cidades (Haikou, Lhasa e Zhoushan) cumpriram os padrões, diz o ministério. Kim Kyung-Hoon/ Reuters Mais

Em um dia de forte poluição em Pequim, como em 14 de janeiro de 2015, o prédio fica encoberto. O ar que se respira em quase 90% das principais cidades chinesas continua aquém dos padrões de qualidade, apesar da "melhoria" registrada em 2014, segundo avaliação divulgada pelo Ministério chinês da Proteção Ambiental em fevereiro. Pequim, considerada uma das capitais mais poluídas do mundo, "não está entre as dez piores nem entre as dez melhores", afirma o jornal "China Daily", sem precisar o lugar ocupado pela cidade. Mas sete das dez cidades chinesas com pior qualidade do ar em 2014 estão em volta da capital. Das 74 cidades avaliadas, apenas oito satisfizeram os padrões nacionais de qualidade do ar, principalmente quanto à densidade das pequenas partículas, as mais suscetíveis de se infiltrarem nos pulmões e de atacarem o sistema respiratório. Em 2013, só três cidades (Haikou, Lhasa e Zhoushan) cumpriram os padrões, diz o ministério. Kim Kyung-Hoon/ Reuters Mais

Como a poluição afeta a paisagem em Pequim

Mais álbuns de Ciência e Saúde x

Últimos álbuns de Meio Ambiente

UOL Cursos Online

Todos os cursos