PUBLICIDADE
Topo

Número de jovens que não estudam nem trabalham sobe para 22% na Espanha, diz estudo

Pessoas esperam na fila para entrar em centro de emprego em Madri - Reuters
Pessoas esperam na fila para entrar em centro de emprego em Madri Imagem: Reuters
Exclusivo para assinantes UOL

J.A. Aunión

Em Madri (Espanha)

26/12/2011 00h01

A crise está deixando muitos jovens deslocados. Na Espanha, 800 mil cidadãos entre 18 e 24 anos nem estudam nem trabalham. São um em cada cinco, uma das taxas mais altas da União Europeia. Nos últimos três anos,...

Notícias