Exclusivo para assinantes UOL

Reembolso da Baby Einstein: não tão inteligente?

Stephen J. Dubner e Steven D. Levitt

Ao longo dos anos, eu assisti à ascensão da Baby Einstein à proeminência com uma mistura de admiração e inveja. Certamente não havia muita evidência de que sua linha de vídeos supostamente educativos, contendo música e bonecos, de fato tornava os bebês mais inteligentes. Mas de um ponto de vista de marketing, os criadores dos produtos eram gênios: os vídeos davam aos pais - eu inclusive - uma atividade para compartilhar com seus filhos pequenos.

UOL Cursos Online

Todos os cursos