Exclusivo para assinantes UOL

Contra reforma trabalhista, movimento vira dia e noite em praça de Paris

Raphaëlle Besse Desmoulières

  • Thomas Samson/AFP

    Simpatizantes do movimento "Nuit Debout" fazem vigília na praça da República, em Paris; cartaz diz: "crise de um sistema mortífero"

    Simpatizantes do movimento "Nuit Debout" fazem vigília na praça da República, em Paris; cartaz diz: "crise de um sistema mortífero"

Praça da República. São 21h de uma terça-feira, 5 de abril —ou, perdão, “terça 36 de março”, como se diz aqui. A noite começou a envolver a pequena multidão do Nuit Debout [noite em claro ou noite em pé, em tradução livre]. A assembleia geral, que teve início três horas antes, ainda acontece. François Ruffin, o diretor de “Merci patron!”, o documentário que deu origem ao movimento, deverá falar no âmbito de um debate mas já está aguardando há algum tempo.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos