Exclusivo para assinantes UOL

Trump pode marcar a volta da imagem de "valentão" dos EUA no Oriente Médio

Ben Hubbard e Anne Barnard

Em Beirute (Líbano)

  • Sabah Arar/ AFP

    Iraquiano acompanha as eleições nos EUA pela televisão em sua casa em Bagdá

    Iraquiano acompanha as eleições nos EUA pela televisão em sua casa em Bagdá

Passar da Síria para o Líbano na noite de terça-feira acabou se mostrando uma parábola para as formas diametralmente opostas como o mundo está vendo a eleição de Donald Trump.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos