Faltando pouco para terminar mandato, Obama tenta reformar polícia de cidades violentas

Sheryl Gay Stolberg e Timothy Williams

Em Baltimore (EUA)

  • Drew Angerer for The New York Times

Restando poucos dias para que Donald Trump seja empossado como presidente, o governo Obama está fazendo um esforço de último minuto por reformas na polícia em duas das cidades mais violentas do país, Baltimore e Chicago, onde os policiais são acusados rotineiramente de maus-tratos a afroamericanos.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos