Exclusivo para assinantes UOL

Enquanto Uber tropeça, Lyft vê uma abertura, mas segura a língua

Kevin Rose

  • Jim Wilson/The New York Times

    5.ago.2017 - Funcionário na sede do Lyft, em San Francisco

    5.ago.2017 - Funcionário na sede do Lyft, em San Francisco

John Zimmer, cofundador e presidente da Lyft, quer que você saiba que ele não está (repito, não está) feliz com o caos envolvendo a Uber, sua maior rival no mercado de transporte compartilhado. Não haverá estouro de champanhe na sede da Lyft em San Francisco pela queda repentina e surpreendente de Travis Kalanick, o truculento ex-presidente-executivo da Uber, nem comemoração com a série de eventos escandalosos que desmoralizou o pessoal da Uber, seu quadro de executivos e manchou sua reputação.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos