Exclusivo para assinantes UOL

Projeto chinês para ligar Oriente e Ocidente coloca Irã no "centro de tudo"

Thomas Erdbrink

Em Neyshabur (Irã)

  • Arash Khamooshi/The New York Times

    Empregados chinês e iraniano trabalham em usina de reciclagem de papel, em Neyshabur, Irã

    Empregados chinês e iraniano trabalham em usina de reciclagem de papel, em Neyshabur, Irã

Quando Zuao Ru Lin, um empresário de Pequim, ouviu falar pela primeira vez nas oportunidades de negócios no leste do Irã, ficou cético. Mas então ele comprou um mapa e começou a imaginar a região sem nenhuma fronteira, como um enorme mercado.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos