Exclusivo para assinantes UOL

Com crise humanitária ocorrendo no país, diplomatas de Mianmar continuam em silêncio

Hannah Beech

Em Yangun (Mianmar)

  • SERGEY PONOMAREV/NYT

    Rohingyas rezam em uma mesquita improvisada no campo de refugiados de Noapara, em Bangladesh

    Rohingyas rezam em uma mesquita improvisada no campo de refugiados de Noapara, em Bangladesh

Está ocorrendo de novo: tropas incendiaram, estupraram e massacraram indiscriminadamente uma minoria vulnerável, levando centenas de milhares de civis a fugirem, provocando uma emergência humanitária que cruza fronteiras.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos