PUBLICIDADE
Topo

Seis anos após Fukushima, robôs encontram combustível de urânio fundido; perigo pode diminuir

Daisuke Hirose nos reatores intactos da Unidade 5 na Usina Nuclear de Fukushima Daiichi, em Fukushima, Japão - KO SASAKI/NYT
Daisuke Hirose nos reatores intactos da Unidade 5 na Usina Nuclear de Fukushima Daiichi, em Fukushima, Japão Imagem: KO SASAKI/NYT
Exclusivo para assinantes UOL

Martin Fackler

Na Usina de Energia Nuclear Fukushima Daishi (Japão)

27/11/2017 00h01

Quatro engenheiros se debruçavam diante de uma bancada de monitores, um deles segurando o que parecia um controlador de videogame.

Tinham passado um mês treinando para o que iam fazer agora: pilotar um pequeno robô no nú...