PUBLICIDADE
Topo

Governo sírio reconhece que centenas morreram sob sua custódia

13.abr.2017 - O presidente sírio, Bashar Assad durante entrevista em Damasco - SANA/REUTERS
13.abr.2017 - O presidente sírio, Bashar Assad durante entrevista em Damasco Imagem: SANA/REUTERS
Exclusivo para assinantes UOL

Ben Hubbard e Karam Shoumali

Em Beirute (Líbano)

28/07/2018 00h01

Há sete anos, Islam Dabbas, um estudante de engenharia, foi jogado na prisão por protestar contra o governo sírio. Sua mãe o visitou duas vezes, pagando suborno para fazê-lo, mas depois não obteve mais permiss&o...