Topo

Campos de detenção de muçulmanos são como "internatos", diz dirigente chinês

Mark Schiefelbein/AP
Shohrat Zakir, presidente do governo de Xinjiang, fala durante o Congresso Nacional do Povo, em Pequim Imagem: Mark Schiefelbein/AP
Exclusivo para assinantes UOL

Chris Buckley e Amy Qin

Em Pequim

2019-03-14T00:01:00

14/03/2019 00h01

Um dirigente sênior do extremo oeste da China disse, na terça-feira (12), que os campos de detenção para minorias muçulmanas eram como internatos e que o número de detentos diminuiria, reagindo às críticas internacionais recebidas pelo governo pelas deten...