PUBLICIDADE
Topo

Socorristas enfrentam enchentes para tentar salvar as vítimas do ciclone que devastou Moçambique

20.mar.2019 - Vista aérea de casas submersas após a passagem do ciclone tropical Idai na cidade de Beira, em Moçambique - UN World Food Programme via AFP
20.mar.2019 - Vista aérea de casas submersas após a passagem do ciclone tropical Idai na cidade de Beira, em Moçambique Imagem: UN World Food Programme via AFP
Conteúdo exclusivo para assinantes

Norimitsu Onishi

Em Maputo (Moçambique)

22/03/2019 00h01

Ventos fortes e chuvas torrenciais atingiram em cheio três dos países mais pobres do planeta, destruindo a vida de mais de 1 milhão de pessoas em questão de minutos.

Então vieram as enchentes do ciclone Idai e ficaram.