Topo

Líder de extrema-direita da Hungria é amigo de Israel, mas mostra sinais de antissemitismo

Doug Mills/The New York Times
13.mai.2019 - O presidente americano, Donald Trump, se encontra com o primeiro-ministro húngaro, Viktor Orbán, no salão Oval da Casa Branca, em Washington Imagem: Doug Mills/The New York Times
Exclusivo para assinantes UOL

Patrick Kingsley

Em Budapeste (Hungria)

2019-05-16T00:01:00

16/05/2019 00h01

No final de novembro, o gabinete do primeiro-ministro de extrema-direita da Hungria, Viktor Orban, anunciou que doaria o equivalente a US$ 3,4 milhões para causas de combate ao antissemitismo na Europa.

No dia seguinte, uma revista controlada pel...

Mais Jornais internacionais