WhatsApp

Exclusivo para assinantes UOL

Opinião: Não há justificativa para o que Mark Zuckerberg fez ao WhatsApp

Felix Salmon

  • Zach Gibson/Getty Images

    Mark Zuckerberg, CEO do Facebook, depõe diante de senadores americanos no Capitólio

    Mark Zuckerberg, CEO do Facebook, depõe diante de senadores americanos no Capitólio

O "Wall Street Journal" publicou uma história bomba na terça-feira (1º) sobre o que os repórteres Kirsten Grind e Deepa Seetharaman chamam de "racha complicado e caro entre os fundadores do Facebook e do WhatsApp". O artigo atraente é uma ótima leitura. (Será que fundadores multibilionários de plataformas de comunicação globais têm tempo para reclamar uns dos outros sobre quem sentou em qual cadeira no escritório? Sim, ele têm.) Mas por trás das fofocas, há uma história muito importante que basicamente tira qualquer dúvida sobre se Mark Zuckerberg é um homem confiável que mantém suas promessas ou uma máquina obcecada por lucro cuja ganância é muito mais forte que a moral.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos