PUBLICIDADE
Topo

Opinião: A própria China admite que está prendendo minorias étnicas em campos

Entrada de mesquita, na região de Xinjiang, tem placa que diz "Ame o partido. Ame o país" - Ng Han Guan/AP
Entrada de mesquita, na região de Xinjiang, tem placa que diz "Ame o partido. Ame o país" Imagem: Ng Han Guan/AP
Exclusivo para assinantes UOL

Rian Thum*

Em Nottingham (Inglaterra)

29/10/2018 00h01

“Cidadãos, por favor, fiquem calmos e relaxem, ninguém nos campos de reeducação vai morrer de fome, passar frio, ser punido ou forçado a trabalhar”. Com essas palavras, um representante da Liga da Juventud...