Topo

Chico Buarque visita Lula, fecha rua e pede liberdade

Vinicius Konchinski

Colaboração para o UOL, em Curitiba

19/09/2019 18h22

O cantor e compositor Chico Buarque de Holanda visitou Luiz Inácio Lula da Silva (PT) hoje, na carceragem da Superintendência da PF (Polícia Federal) em Curitiba. Após o encontro com o ex-presidente, Chico pediu sua liberdade.

Chico chegou ao local em que Lula está preso desde abril de 2018 por volta das 15h30. Do lado de fora da sede da PF, dezenas pessoas já o aguardavam mesmo debaixo de chuva.

Chico veio a Curitiba acompanhado da professora e advogada Carol Proner, integrante da ABJD (Associação Brasileira de Juristas pela Democracia). Na PF, entrou para encontrar-se com Lula junto com o ex-ministro Celso Amorim e o ex-prefeito Fernando Haddad.

Chico Buarque visita Lula na carceragem da Superintendência Polícia Federal em Curitiba - REUTERS/Rodolfo Buhrer
Chico Buarque visita Lula na carceragem da Superintendência Polícia Federal em Curitiba
Imagem: REUTERS/Rodolfo Buhrer

Ao sair, às 17h, Chico foi cercado por fãs e militantes pró-Lula. A mobilização foi grande e a rua em frente à superintendência da PF chegou a ser fechada por alguns instantes.

Chico não quis dar entrevistas, mas falou da perseverança das pessoas que frequentam diariamente à Vigília Lula Livre, montada em Curitiba. A estrutura de barracões montados na vigília foi danificada por conta de um temporal que caiu sobre Curitiba ontem.

Para Chico, a destruição é um presságio anunciando que é hora de Lula ir para casa e a vigília ser desmobilizada. "Vi as imagens da destruição da vigília e fiquei triste, mas ao mesmo tempo achei que pode ser um presságio", afirmou. "Está na hora de desmanchar isso aqui. Lula Livre."

Carol Proner e Chico Buarque de Holanda em Curitiba - Ricardo Stuckert
Carol Proner e Chico Buarque de Holanda em Curitiba
Imagem: Ricardo Stuckert

Mais Política