Eslováquia confirma primeiro caso de zika

  • iStock

O ministro da Saúde eslovaco, Viliam Cislak, confirmou nesta quarta-feira (2) o primeiro caso de zika em seu país, detectado em uma mulher de 23 anos que passou um mês na América do Sul.

A mulher não está grávida e foi hospitalizada na cidade de Presov, no leste da Eslováquia, na semana passada, antes de receber alta na sexta-feira (26), informou Cislak.

"Fez uma viagem de um mês pela América do Sul. Na floresta, foi picada por vários mosquitos", informou, por sua vez, a porta-voz do hospital, Renata Cenkova.

O surto de zika e seu vínculo potencial com malformações congênitas levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar emergência global.

O Brasil já tem mais de um milhão e meio de casos desde 2015 e a OMS teme uma disseminação "explosiva" da doença nas Américas.

Também foram registrados alguns casos em vários países europeus, como República Tcheca, Grã-Bretanha, Dinamarca, Itália, França e Espanha.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos