Topo

Congo registra 52 casos de ebola com 22 mortos

Kenny Katombe/Reuters
Assistente de saúde aplica vacina contra ebola em homem em Mbandaka, na República Democrática do Congo Imagem: Kenny Katombe/Reuters

Em Kinshasa

25/05/2018 13h17

Pelo menos 52 pessoas contraíram ebola na República Democrática do Congo, que registra até o momento 22 óbitos pela doença, no noroeste do país - informaram as autoridades congolesas nesta sexta-feira (25).

"No total, foram notificados na região 52 casos de febre hemorrágica, 31 deles confirmados, 13 prováveis e oito suspeitos" em 23 de maio, disse um comunicado do Ministério congolês da Saúde.

O número total de vítimas fatais chega a 22, garante o Ministério, atualizando o balanço anterior de 58 casos e 27 mortos.

Leia também: 

Para as autoridades, essa diferença se explica pelo fato de que alguns óbitos foram atribuídos, equivocadamente, ao ebola. Além disso, outros casos deram negativo nos testes de laboratório.

A epidemia de ebola foi declarada em 8 de maio em Bikoro, 600 quilômetros ao norte de Kinshasa. Depois, propagou-se para a cidade de Mbandaka, com uma população estimada em 1,2 milhão de pessoas.