Mutação genética é responsável por barba ruiva e cabelo castanho

Eduardo Vilas Bôas

  • Reprodução/TV UOL

Nessa onda das barbas grandes, muitos caras têm descoberto algo inusitado: apesar do cabelo escuro, os fios da barba são avermelhados! Inicialmente alguns se assustam, outros se sentem mais bonitos e há aqueles que acabam desistindo da barba pela diferença de coloração.

Há dois fatos que precisam ser constatados: um é que certamente você ganhará o apelido de "barba ruiva" e o outro é que esse acontecimento é uma mutação genética inalterável, por isso, acostume-se com a ideia até que os fios grisalhos cheguem (por sinal, chegam primeiro à barba).

Barba ruiva é uma figura que transita no imaginário coletivo a partir de muitas referências. No folclore brasileiro trata de um homem encantado que vive na lagoa de Paranaguá, Piauí, o qual abraça e beija as mulheres desacompanhadas que vão até à água lavar roupa. Na história da humanidade faz referência também ao almirante de esquadra que assegurou com suas vitórias o domínio Otomano do Mediterrâneo no século XVI. Contam ainda personagens como o Eufrazino, do desenho Pernalonga, e o filme "O Barba Ruiva" de Akira Kurosawa (1965). Mas, certamente, a mais famosa barba ruiva foi a do pirata das histórias em quadrinho de Jean-Michel Charlier e Victor Hubinon, lançado em 1959 na revista Pilote, as 35 histórias do Barba Ruiva tornaram-no muito popular na França.

Ok, apelido a parte, resta entender como uma pessoa tem cabelos escuros e pelos avermelhados. Na verdade, isso já não é mais mistério para Ciência. Os genes que determinam a cor dos pelos do corpo podem influenciar cores diferentes mutuamente porque são genes dominantes incompletos. Logo, não é raro encontrar-se variações de cores entre pelos da cabeça, da face, da região pubiana etc. Essa mistura de cores é herança direta das variações presentes em nossos pais e avós, especialmente quando há mutações no gene MC1R, que gerencia a conversão de feomelanina (pigmento vermelho) em eumelanina (pigmento marrom ou preto), tornando partes ou a totalidade dos fios ruivos.

Mesmo tendo - ou não tendo - uma barba ruiva, você pode providenciar uma para chamar de sua ou se livrar dela e manter os pelos da face próximos a cor do cabelo. Procure o barbeiro de sua confiança e deixe que ele cuide do processo. Só vale destacar que uma estética ruiva imprime uma imagem mais delicada, já que a testosterona (hormônio característico dos homens) está mais ligada a eumelanina (pigmento marrom ou preto), enquanto o estrógeno (hormônio característico das mulheres) está mais ligado ao pigmento vermelho.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos