PUBLICIDADE
Topo

Jardins exigem cuidado redobrado! Veja dicas para manter a dengue longe

Noelle Marques

Do UOL, em São Paulo

17/03/2015 06h00

Os jardins deixam a paisagem mais linda, colorida e perfumada, mas, se não forem bem cuidados, podem ser um grande perigo e atrair o mosquito da dengue, que procura um local com água parada para se reproduzir. Por isto, não deixe a água acumular em pratos e vasos, e veja se a própria planta não está com algum líquido acumulado.

A maneira prática de resolver o problema é colocando areia nos recipientes para que ela absorva a água e acabe com as poças. Mas existem mais jeitos de você deixar a dengue bem longe do seu jardim.

Uma opção é a borra de café, diz uma pesquisa da Unesp (Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho"), que atua na fase precoce do mosquito. A larva ingere o café e, intoxicada, acaba morrendo. Para ser eficiente, a mistura deve ser igual ou superior a 60 g para 200 ml de água, isto é, quatro colheres de sopa da borra do café para um copo de água. A pasta pode ser colocada nas plantas e nos recipientes, mas deve ser trocada a cada sete dias. 

Outro aliado é o sal de cozinha. A Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo recomenda colocar meia colher de sopa de sal no prato da planta, após lavar o recipiente. Ele vai tornar a água imprópria para a reprodução do mosquito, pois tem ação larvicida, que evita o desenvolvimento da larva.

Cuidado redobrado com plantas, como a bromélia, que acumulam água entre as suas folhas. Para evitar que a vegetação se torne um ninho de Aedes aegypti, use água sanitária diluída em água na hora de regar.

Segundo um estudo realizado pela Esalq (Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz), da USP (Universidade de São Paulo), em parceria com a Abiclor (Associação Brasileira das Indústrias de Álcalis, Cloro e Derivados), a utilização do hipoclorito de sódio (desinfetante) na eliminação das larvas do mosquito é realmente eficiente.

Na solução, use a proporção de 40 gotas de água sanitária para cada meio litro de água.