Postura e exercício: dá para evitar dor que atinge 8 a cada 10 pessoas

André Carvalho

Do UOL, em São Paulo

  • Thinkstock/BBC

    Falta de exercícios, má postura e movimentos bruscos na região lombar são os principais fatores geram dores nas costas

    Falta de exercícios, má postura e movimentos bruscos na região lombar são os principais fatores geram dores nas costas

Dor nas costas, quem nunca? De acordo com a OMS (Organização Mundial de Saúde), o problema atinge 80% da população global, ficando atrás apenas da dor de cabeça entre os principais males que afetam a humanidade. Essa dor foi a maior causa de afastamento de trabalhadores no Brasil por mais de 15 dias em 2016, segundo o ranking de auxílios-doença concedido pelo INSS.

Apesar de tão comum, na maior parte das vezes a dor pode ser evitada com exercícios físicos e cuidados com a postura.

As dores na região lombar, diz Carlos Tucci, ortopedista e cirurgião da coluna, costumam ser causadas por uma combinação de fatores relacionados à má postura, movimentos bruscos e falta de exercícios.

"Diferentemente do que as pessoas pensam, a dor nas costas não vem de doenças graves, como hérnia de disco, bico de papagaio", explica Tucci. "[Elas] têm principalmente os músculos, sobretudo da região lombar, como origem".

Segundo ele, entre 1% e 3% dos casos são decorrentes de doenças mais graves. "As pessoas têm esse receio que a coluna está doente, que a coluna não tem estrutura para se sustentar, isso não é verdade", afirma.

Leticia Vilela/UOL
Não é incomum ficar com a coluna curvada na hora de usar celulares

Falta de exercícios: principal causa

De acordo com o ortopedista, exercícios que desenvolvem a musculatura que envolve as regiões abdominal e lombar ajudam a formar uma espécie de cinturão de músculos que dão sustentação para a coluna--essa musculatura recebe o nome técnico de musculatura estabilizadora lombar.

"Esses exercícios chamados também de fortalecimento isométrico fazem essa musculatura ficar desenvolvida, deixando a coluna protegida contra posturas inadequadas, movimentos exagerados e repetitivos", diz ele.

Um exemplo do que é fortalecimento isométrico da musculatura que envolve a coluna são os exercícios do Pilates. Mas esse fortalecimento também pode ser feito na ioga ou em academias convencionais.

Aprenda posturas de ioga para dor nas costas, ombros e pescoço

Cuidado com a postura não deve ser negligenciado

Seja no trabalho, no sofá de casa ou ao dirigir, é preciso manter a coluna ereta. "As posturas inadequadas no trabalho só aumentam o risco de ter dor nas costas."

Ele ainda ressalta que os exercícios devem sempre ser feitos com o acompanhamento de um profissional para evitar que haja a sobrecarga na região lombar.

Thinkstock

Um exemplo clássico de má postura é "dobrar o corpo para frente carregando peso é um movimento que deve ser evitado".

Apesar da maioria dos casos de dores nas costas não ser considerados graves, Tucci recomenda que os tratamentos sejam feitos após diagnósticos médicos.

"A automedicação não é recomendada. As dores normalmente são pontuais, mas melhoram com alguma ajuda médica", diz o ortopedista. "A orientação é manter-se ativo e tomar cuidado com esses exercícios de proteger a coluna".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos