Topo

Tecnologia

Transporte


Segura essa emoção! Google Maps agora te ajuda a evitar multas

Google Maps expande alertas de radar para mais usuários

Helton Simões Gomes

Do UOL, em São Paulo

2019-01-21T13:38:43

21/01/2019 13h38

Os apressadinhos do volante acabaram de ganhar um novo melhor amigo, ainda mais no momento em que surge tecnologia cada vez mais potente para caçar infratores. O Google Maps foi aprimorado e passou a mostrar onde há câmeras em uma determinada via. Os radares são posicionados para flagrar os condutores que pisam fundo no acelerador, o que, no Brasil, pode render multa de quase R$ 900 e suspensão da carteira de motorista.

A novidade passou a ser liberada na semana passada e também chegou ao Brasil. O novo recurso está sendo liberado aos poucos. Ele funciona quando um usuário traça uma rota no aplicativo e enquanto o navegador está em ação.

A atualização foi confirmada pelo Google ao Mashable. Funciona assim: antes de o trajeto ser iniciado, o Maps mostra onde há câmeras de velocidade. Quando o motorista começar a viagem, o Maps exibe no canto da tela qual o limite de velocidade para aquela via -- essa parte da nova função, porém, ainda está em teste. Para quem ela já foi liberada, o aplicativo emite um alerta sonoro avisando que o limite foi ultrapassado quando o condutor acelera demais.

Antes de liberar para todo mundo o novo recurso, o Maps passou a receber informações de usuários sobre a presença de câmeras de velocidade no fim do ano passado.

4 dicas para tirar o máximo do Google Maps

olhardigital

Recursos semelhantes a este funcionam no Waze, aplicativo israelense de roteamento comprado pelo Google em 2013 por mais de US$ 1 bilhão. Ainda que os serviços tenham funções similares, o Waze é alimentado por usuários com informações sobre acidentes, batidas policiais e outros entraves ao trânsito. Alguns desses dados, no entanto, são injetados no Maps já que o Waze é uma das fontes de informação usadas pelo aplicativo para mensurar com mais acurácia os tempos de deslocamento.

Multa e suspensão da carteira

Mostrar a localização de câmeras de velocidade pode ajudar a evitar multas e longos períodos longe do volante. No Brasil, dirigir acima da velocidade permitida pode ser classificado com infração média, grave ou até gravíssima. Tudo depende de quanto o motorista estava além do limite.

  • Infração média: Se a velocidade for 20% superior ao permitido pela via, a infração rende 4 pontos na carteira e multa de R$ 130,16.
  • Infração grave: Se a velocidade estiver entre 20% e 50% acima do limite, são 5 pontos na carteira e multa de R$ 195,23.
  • Infração gravíssima: Se a velocidade estiver 50% acima do limite, são 7 pontos na carteira e multa de R$ 880,41. O condutor também é penalizado com suspensão da carteira e apreensão do documento de habilitação.

#DicasDeTec: aprenda a colocar sua própria voz no Waze

UOL Notícias