UOL Notícias Notícias
 

13/04/2010 - 12h35

Conservadores britânicos apoiarão assento permanente para o Brasil no Conselho de Segurança

Os conservadores britânicos apoiarão a entrada do Brasil como membro permanente do Conselho de Segurança da ONU, segundo o programa eleitoral apresentado nesta terça-feira.

"Apoiaremos assentos permanentes no Conselho de Segurança das Nações Unidas para Japão, Índia, Alemanha, Brasil e um representante africano", indica o documento de política externa do programa com o qual os 'Tories', liderados por David Cameron, esperam chegar ao poder nas eleições de 6 de maio, depois de 13 anos de trabalhismo.

O Brasil, que ocupa atualmente um assento temporário, faz campanha há anos por um posto permanente no principal órgão decisório das Nações Unidas, mas a aceitação do país implicaria uma reforma desta instituição.

A postura conservadora neste âmbito não difere da dos trabalhistas do primeiro-ministro Gordon Brown, que defendeu em diversas ocasiões a ampliação do Conselho às potências emergentes e a outros protagonistas atuais do cenário mundial.

"Ampliaremos nossas relações com vários países amigos, no Oriente Médio, no Norte da África, no Sudeste Asiático e na América Latina", acrescentaram os conservadores.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host