DiCaprio protesta por vazamento de petróleo na Amazônia peruana

Lima, 1 Mar 2016 (AFP) - O recente vencedor do Oscar de melhor ator, Leonardo DiCaprio, pediu nesta segunda-feira a partir das redes sociais para protestar contra as autoridades peruanas pelo recente vazamento de óleo em rios da Amazônia do Peru que afetou as comunidades nativas.

"3.000 barris de petróleo derramados no Amazonas! Faça alguma coisa pelas comunidades indígenas e nosso clima", escreveu DiCaprio no Twitter, e anexou um link para a ONG americana Amazon Watch onde são encorajados a enviar uma mensagem ao primeiro-ministro peruano Pedro Cateriano para que o governo respeite os direitos humanos e o meio ambiente.

O link inclui um vídeo onde se vê como dezenas de trabalhadores da estatal PetroPerú tiram o petróleo do rio usando baldes de plástico para evitar que o vazamento se espalhe na área, causando ainda mais danos à flora e fauna da região.

"A água está contaminada, ninguém será capaz de tomar. Esse é um dos danos que não vamos ser capazes de controlar", diz no vídeo Otoniel Dandicho, prefeito do distrito de Imaza, localizado na zona do desastre ecológico.

No domingo, o governo peruano declarou estado de emergência em 16 comunidades indígenas na Amazônia afetadas por derrames de hidrocarbonetos do oleoduto operado pela PetroPerú.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos