Polícia inicia investigação sobre abate de gorila em zoo dos EUA

Washington, 31 Mai 2016 (AFP) - A polícia do estado americano de Ohio iniciou na terça-feira uma investigação sobre o incidente ocorrido no zoológico da cidade de Cincinnati no sábado, quando um gorila foi abatido para salvar uma criança que tinha entrado na jaula do animal.

Após a investigação, as autoridades vão determinar se haverá acusações criminais vinculadas ao caso, informou em um comunicado o promotor Joseph Deters, do Condado de Hamilton, onde o zoológico está localizado.

"O incidente no Zoológico de Cincinnati envolvendo uma criança que caiu no cativeiro do gorila está sob investigação pelo Departamento de Polícia de Cincinnati", afirma a nota.

"Quando a investigação for concluída, a polícia vai conversar a promotoria sobre possíveis acusações criminais", acrescentou Deters.

No sábado, funcionários do zoológico atiraram e mataram Harambe, um gorila macho das planícies ocidentais de 17 anos e 180 quilos, após um menino de quatro anos ter ultrapassado uma barreira de quase cinco metros e caído em uma poça dentro do hábitat do animal.

O incidente gerou polêmica nos Estados Unidos, onde a televisão mostrou repetidas vezes as imagens do enorme primata com a criança.

Em alguns momentos do vídeo, Harembe parece tratar o menino de maneira carinhosa, e em outros de maneira mais bruta, arrastando-o pelo fosso cheio de água.

Na segunda-feira, o diretor do zoológico defendeu o abate do gorila, cuja espécie está ameaçada de extinção, alegando que a vida da criança estava em perigo.

A instituição afirmou, ainda, que usar tranquilizantes para deter o animal não era uma opção, já que uma flechada poderia assustá-lo, levando-o a agir agressivamente antes de o sedativo fazer efeito.

O caso provocou uma enxurrada de críticas e petições em plataformas on-line acusando o zoológico de ter matado o animal sem necessidade e a mãe da criança de negligência, por não ter supervisionado o filho de maneira adequada.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos