Descarrilamento de trem deixa quatro mortos na Espanha

Em Madri

Ao menos quatro pessoas morreram e 47 ficaram feridas quando um trem que viajava entre Vigo (noroeste da Espanha) e Valença de Minho (Portugal) descarrilou nesta sexta-feira (9) a poucos quilômetros de Vigo, anunciaram as autoridades da região da Galícia.

O acidente aconteceu por volta das 9h30 locais (4h30 de Brasília), quando o trem entrava na na estação de Porriño, a poucos quilômetros de Vigo, perto da fronteira com Portugal.

Dos três vagões do trem, um deles virou completamente, segundo o governo regional. Um vídeo exibido por um canal de TV regional mostra o primeiro vagão muito danificado depois de bater em um poste de energia elétrica.

Os outros dois vagões estavam praticamente intactos.

De acordo com uma porta-voz da companhia ferroviária espanhola, Renfe, mais de 60 pessoas viajavam no comboio.

O trem e o maquinista são portugueses, da empresa Comboios de Portugal.

A empresa pública que administra a rede ferroviária espanhola, Adif, anunciou uma investigação para determinar as causas do acidente. Segundo uma porta-voz, a área do acidente "é uma linha praticamente reta".

O sindicato de maquinistas da Espanha, Semaf, afirmou que a via estava em condições perfeitas para a circulação de trens.

A região da Galícia foi cenário em julho de 2013 de um grave acidente ferroviário perto de Santiago de Compostela que provocou 80 mortos e deixou 144 feridos, o mais grave na Espanha desde 1944.

O trem, procedente de Madri, entrou a 179 km/h em uma curva perigosa na qual a velocidade máxima era de 80 km/h. A composição descarrilou e bateu violentamente contra um muro de cimento.

Relembre o acidente de trem de 2013

  •  

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos