Bruxelas pede a Volkswagen garantias adicionais para clientes europeus

Bruxelas, 24 Out 2016 (AFP) - A Comissão Europeia pediu à fabricante alemã Volkswagen garantias adicionais para seus clientes europeus afetados pelos motores a diesel manipulados, informou nesta segunda-feira o executivo europeu.

"Queremos que a Volkswagen garanta, de uma maneira legalmente vinculante e sem limite de tempo, que as reparações funcionarão e não terão efeitos negativos", explicou à AFP um responsável da Comissão.

O executivo quer que o gigante alemão adote medidas de "compensação voluntária" e abra a possibilidade de uma devolução dos veículos afetados, em alguns casos, segundo a mesma fonte.

O "plano de atuação" proposto por pelo construtor em setembro, um ano depois do escândalo, não propõe "nenhuma provisão específica" sobre como "minimizar os danos" para os clientes afetados, lamenta a comissária europeia de Justiça e Consumo, Vera Jourova, em uma carta a um executivo da Volkswagen, Francisco Javier García Sanz.

A comissária estima que o grupo alemão, cujo plano de atuação não menciona contribuições financeiras para os consumidores, deverá oferecer "vantagens adicionais".

A Volkswagen comemorou "o diálogo" com Jourova, com quem espera discutir "muito em breve as próximas etapas e os detalhes do plano de atuação", indicou o grupo.

A comissária europeia e García Sanz devem reunir-se novamente na quinta-feira em Bruxelas.

mla-tjc/pc/cc/mvv

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos