Greve na Alitalia cancela 200 voos

Roma, 28 Mai 2017 (AFP) - A companhia aérea Alitalia, sob a tutela do governo, anunciou o cancelamento de 200 voos domésticos e internacionais neste domingo pela greve de parte de sua equipe.

A empresa assegurou em seu site que encontrou uma solução alternativa para 80% dos passageiros afetados.

A Alitalia, que acumula perdas há anos, foi colocada sob a tutela do governo em 2 de maio a pedido de seus acionistas, depois que a equipe rechaçou uma reestruturação que previa suprimir 1.700 postos de trabalho.

O governo, que descartou a nacionalização da companhia, busca um comprador para o todo ou uma parte de sua atividade. Das ações, 49% são propriedade da linha aérea árabe Etihad.

O dia da greve, marcado há várias semanas, ocorre quando está sendo realizado um debate sobre as modalidades do procedimento de desemprego técnico, anunciado na quarta-feira para 1.358 dos 12.500 funcionários.

Uma parte da equipe protesta também contra o não pagamento de vários prêmios nas folhas de pagamento de maio, embora os três administradores tenham prometido que a situação iria se regularizar no próximo mês.

Com os cofres vazios, a Alitalia recebeu no início do mês um empréstimo-ponte de 600 milhões de euros do governo para permitir garantir os voos durante seis meses.

Entretanto, apesar das campanhas de promoção que prometiam reduções importantes, a empresa italiana não tranquiliza as agências de viagem e os passageiros, que preferem voar com a concorrência por medo de perder suas passagens.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos