PUBLICIDADE
Topo

Monte Saint-Michel é evacuado por ameaças de um homem à polícia

22/04/2018 15h41

Rennes, França, 22 Abr 2018 (AFP) -









O Monte Saint-Michel, um dos lugares turísticos mais visitados da França, situado no oeste do país, foi evacuado na manhã deste domingo (22) e fechado "por precaução" devido à presença de um indivíduo suspeito que ameaçava atacar a polícia.

A ilha rochosa da Normandia (oeste), Patrimônio Mundial da Unesco, agora está "livre de qualquer risco" e deveria reabrir ao público à tarde, disse à AFP Jean Marc Sabathé, prefeito do departamento de La Mancha.

No domingo de manhã, "um homem proferiu ameaças contra as forças da ordem", detalhou Sabathé. "Evacuei o Monte por precaução, porque ninguém conhecia as intenções reais deste indivíduo", acrescentou.

O prefeito informou que a evacuação ocorreu sem incidentes e terminou pouco após o meio-dia. "O homem se misturou com os primeiros visitantes. Não houve disparos nem armas", continuou, sem mencionar a hipótese terrorista.

Várias testemunhas informaram que esta pessoa estava entrando no local, na Normandia (oeste).

Às 07H45 (02H45 em Brasília), em um dos ônibus que transportam os turistas, um guia turístico avisou à gendarmeria que um homem tinha feito comentários ameaçadores e preocupantes em relação aos policiais e gendarmes durante o trajeto.

Esta pessoa foi monitorada por meio de câmeras no local turístico pela polícia municipal, antes de ser perdida de vista.

O fluxo de turistas foi cortado. As pessoas que permaneciam nos hotéis foram evacuadas com calma e sem incidentes. A abadia foi fechada por precaução e os serviços religiosos cancelados.

Os gendarmes fizeram buscas em casas e lojas, enquanto os turistas se mantiveram à distância na ponte que leva ao local.

Segundo um fotógrafo da AFP no local, foram mobilizados cerca de 50 gendarmes, e um helicóptero sobrevoou o Monte.

O Monte Saint-Michel é um dos locais turísticos mais movimentados da França, com 2,3 milhões de visitantes em 2014, segundo os últimos dados divulgados pelas autoridades locais.

O local abriga, em particular, um claustro gótico do século XIII, único no mundo por estar situado a 80 metros de altura. A península, famosa pela beleza de sua baía, e a abadia estão classificadas como Patrimônio Mundial da Unesco.