Topo

Trump diz que é muito cedo para reunião com chanceler do Irã

26/08/2019 06h07

Biarritz, França, 26 Ago 2019 (AFP) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou nesta segunda-feira que é "muito cedo" para uma reunião com o chanceler do Irã, que fez uma visita surpresa à reunião do G7 no fim de semana, mas insistiu que Washington não busca uma mudança de regime em Teerã.

"Acredito que é muito cedo para uma reunião", declarou Trump em uma entrevista coletiva, antas de afirmar que estava a par da visita do ministro iraniano das Relações Exteriores, Mohamad Javad Zarif, para conversas informais.

"Sabia que visita", disse Trump a respeito da visita, que foi organizada pelo presidente francês, Emmanuel Macron, em uma tentativa de desbloquear as negociações diplomáticas sobre o programa nuclear de Teerã.

"Estava a par de tudo que (Macron) estava fazendo e aprovei", completou o presidente americano, ao afirmar que o governante francês havia solicitado sua "aprovação".

O acordo nuclear de 2015, concretizado após negociações árduas entre as potências ocidentais e o Irã, ficou em suspenso após a saída abrupta em 2018 do governo dos Estados Unidos, que voltou a impor sanções a Teerã, o que afeta a economia iraniana.

Macron tenta desativar as tensões há vários meses e encontrar formar de retomar o diálogo. Neste sentido, organizou a reunião com Zarif.

Trump insistiu que Washington está interessado apenas em deter as ambições nucleares de Teerã: "Não estamos buscando uma mudança de regime. Vejam como isto funciona (em outros países. O que queremos é muito simples... não nuclear".

sms-hmw/js/aoc/mis/fp

Mais Notícias