Topo

Trump e presidente do Irã não devem se reunir na Assembleia Geral da ONU, diz porta-voz iraniano

Montagem com o presidente dos EUA, Donald Trump, e o do Irã, Hassan Rouhani - Montagem com AFP Photo e Presidência do Irã
Montagem com o presidente dos EUA, Donald Trump, e o do Irã, Hassan Rouhani Imagem: Montagem com AFP Photo e Presidência do Irã

Em Teerã

16/09/2019 06h05

O presidente iraniano Hassan Rohani não tem a previsão de uma reunião com o colega americano Donald Trump à margem da Assembleia Geral da ONU, afirmou hoje o porta-voz da diplomacia iraniana.

"Não planejamos esta reunião. E não acredito que este tipo de coisa vai acontecer em Nova York", onde a 74ª sessão da Assembleia Geral da ONU começa na terça-feira, declarou Abas Musavi ao canal de televisão estatal iraniano.

"Como já dissemos, se os americanos retornarem ao JCPOA (a sigla do acordo de 2015 sobre o programa nuclear iraniano) e acabarem com o terrorismo econômico, podem retornar à comissão conjunta e negociar com o Irã", acrescentou.

Musavi se referia a uma comissão no âmbito do acordo de 2015, do qual o governo dos Estados Unidos se retirou de maneira unilateral em maio de 2018, antes de impor novamente sanções econômicas ao Irã.

Em um momento de tensão, a Casa Branca afirmou no domingo que Trump não descarta a hipótese de uma reunião com Rohani e indicou que o presidente americano iria "refletir" sobre o assunto.

No sábado, um ataque com drones a duas instalações de petróleo da Arábia Saudita foram reivindicados pelos rebeldes do Iêmen, apoiados pelo Irã, e afetaram gravemente a produção.

Washington atribuiu a responsabilidade do ataque a Teerã, que acusa de executar um "ataque sem precedentes contra o abastecimento de energia mundial".

Mais Notícias