Topo

Estado Islâmico reivindica atentado em cidade santa xiita no Iraque

21/09/2019 18h29

Bagdá, 21 Set 2019 (AFP) - O grupo Estado Islâmico (EI) reivindicou no sábado o ataque a bomba em um ônibus na entrada da cidade iraquiana de Kerbala, uma cidade sagrada para os xiitas, que matou 12 pessoas na noite de sexta-feira.

Os ataques foram pouco frequentes nos últimos anos em Kerbala, mas células clandestinas do EI, derrotadas oficialmente no Iraque no final de 2017, continuam a cometer ataques em todo o território iraquiano, especialmente contra a comunidade xiita.

Segundo a direção dos serviços de saúde de Kerbala, doze civis foram mortos e outros cinco ficaram feridos depois que uma bomba explodiu em um ônibus em um posto de controle na entrada de Kerbala, localizada a 100 quilômetros ao sul de Bagdá.

Mulheres e crianças estavam entre as vítimas, disse a mesma fonte.

Em 10 de setembro, esta cidade sagrada recebeu centenas de milhares de xiitas de todo o mundo, especialmente do Irã, para a peregrinação de Ashura, que comemora o martírio do imã Hussein, a figura fundadora da corrente xiita do Islã.

Milhões de peregrinos xiitas vão viajar para Kerbala no final de outubro para celebrar o Arbaín, um dos eventos religiosos mais importantes do mundo que reúne cerca de 15 milhões de peregrinos todos os anos.

ac-sbh/mct/eb/cc

Mais Notícias