PUBLICIDADE
Topo

Lufthansa acorda com o Estado alemão resgate de 9 bilhões de euros

25/05/2020 12h36

Frankfurt am Main, 25 Mai 2020 (AFP) - A companhia aérea Lufthansa e o governo alemão concordaram com um plano de resgate de 9 bilhões de euros (US$ 9,8 bilhões), que fará do Estado o principal acionista do grupo com 20% do capital, confirmaram os dois lados nesta segunda-feira.

"Antes da nova pandemia de coronavírus, a empresa estava com boa saúde e lucrativa e tinha boas perspectivas para o futuro", disse o ministério da Economia em comunicado anunciando a mistura de investimentos e empréstimos estatais.

A Lufthansa afirmou que o Estado alemão deixará de ser acionista no final de 2023.

DEUTSCHE LUFTHANSA AG

Notícias