PUBLICIDADE
Topo

Ataque aéreo no Afeganistão deixa 12 mortos

22/10/2020 07h15

Konduz, Afeganistão, 22 Out 2020 (AFP) - Onze menores e um imã foram mortos, na quarta-feira (21), em um ataque aéreo a uma mesquita no nordeste do Afeganistão, onde ocorrem intensos combates entre as forças de segurança e os talibãs - anunciaram as autoridades nesta quinta (22).

"Doze civis foram mortos, e quatorze, feridos, em um ataque aéreo a uma mesquita" em Takhar, disse o porta-voz da polícia Khalil Aseer à AFP.

Todos os mortos eram "menores de 18 anos", exceto o imã, pois o ataque ocorreu enquanto "as vítimas estudavam o Alcorão", acrescentou.

O porta-voz do governo Takhar confirmou esse total, assim como Mohammad Azam Afzali, membro do conselho provincial. O ataque foi realizado pelas forças aéreas afegãs, acrescentou.

A missão "Resolute Support" da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), liderada pelos EUA, não quis comentar o ataque. Já o vice-presidente afegão, Amrullah Saleh, afirmou, no Facebook, que "a notícia de que crianças foram mortas em uma mesquita em Takhar é infundada".

Poucas horas antes do ataque aéreo, na noite de terça-feira, pelo menos 25 membros das forças afegãs foram mortos em Takhar em uma emboscada atribuída aos talibãs.

Os insurgentes, que estão em negociações de paz com o governo afegão, não assumiram a responsabilidade pela emboscada, mas disseram que "enfrentaram o inimigo" em Takhar em retaliação a vários ataques contra seus combatentes.

Em fevereiro, os talibãs chegaram a um acordo histórico com os Estados Unidos. Nele, comprometem-se a parar de atacar as cidades. Desde então, no entanto, intensificou sua ofensiva contra as forças afegãs.

str-mam-jds/jf/pz/pc/bl/tt