Taxa de desemprego em São Paulo fica estável em 14% em janeiro

A taxa de desemprego nos 39 municípios da região metropolitana de São Paulo ficou praticamente estável ao passar de 13,9% em dezembro para 14% em janeiro. O total de desempregados foi estimado em 1,549 milhão de pessoas.

É o que revela a Pesquisa de Emprego e Desemprego (PED) feita em conjunto pela Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados (Fundação Seade) e Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese).

No período, foram eliminados 82 mil postos de trabalho, com um recuo de 0,9% no nível de ocupação, e 83 mil pessoas deixaram de concorrer a vagas do mercado, reduzindo o total de desempregados em 1 mil pessoas. O setor da construção civil foi o que mais cortou empregados, com uma redução de 3,6% no saldo de ofertas devagas, equivalente a 25 mil postos de trabalho.

A Indústria de Transformação diminuiu as contratações em 2,7%, correspondendo ao fechamento de 41 mil vagas; o comércio e a reparação de veículos automotores e motocicletas registraram queda de 1,4% (24 mil vagas). No segmento de serviços, foram geradas 19 mil oportunidades de emprego, um acréscimo de 0,3%.

A PED mostra ainda que os assalariados conseguiram elevar, em média, em 2,1% os rendimentos de novembro a dezembro, o equivalente a R$ 2.021. Já os ocupados obtiveram um crescimento na renda de 2,8% nesse mesmo período, com média de R$ 1.987.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos